sexta-feira, 20 de março de 2009

Dentro do Carro


Sentada na fila de trás do carro, os dois homens conversam, um ao volante e o meu namorado no lugar dianteiro de ocupante. Ouvia as suas vozes ásperas e graves, nasaladas em mim mais concretamente dentro do cérebro no meio agitado da combustão interna, o motor.

Uma vivalma de ruídos exaltados, e sem esperar capto três palavras de claro entendimento nas cordas vocais exprimida oralmente pelo meu namorado: "estás a entender?"

Pisquei os olhos, admirada pois a conversa era entre os dois. Simplesmente discriminei de modo inesperado, mais uma conquista! Yupi.