segunda-feira, 30 de junho de 2008

Treino Auditivo


Quem diria, á uma de madrugada duas doidas a fazer reabilitação auditiva no sossego da noite, deitadas na cama com a tv a assobiar palavras despidas de fingimento teatral. Fomos logo interceptadas pelos primeiros foguetes endiabrados, ouvia-se á distância e a bom som.

Primeira palavra dita “perna” já entra com bastante facilidade, a memória auditiva encontra-se enraizada, o mesmo se passou para com “sofá”, “rapariga”, “mão”, “televisão”, “eu vou dormir”, excepto “rádio” onde por norma compreendi “navio”!

Não foi mau.

Estou numa de “desfralde auditivo” – o processo de adaptação aliadas a descobertas sonoras para a maduração de palavras. Parece-me, que é desta, acomodei instantaneamente ao oitavo reajuste em menos de uma semana.

YUPIIII

domingo, 29 de junho de 2008

Melodias

Chego a casa, aterro-me de cansaço e o meu corpo fecha os olhos, o som conduz demasiado depressa até ao meu ouvido implantado, e são dos passarinhos a cantar.
Piiiii Pii Piiiii Pii

Concentrada na sonoridade, mais intenso que nunca e todo o meu interior vibra em sonância até ao limite pretentido, o ponto mais alto:
Sublime.

29 Junho - 1 ano de Cirurgia


Há um ano na bela cidade de Coimbra, aguardavas ansiosamente o nosso primeiro encontro, o toque cibernético na barreira do sonho para a realidade e juntos folheámos o desconhecido, sedutor e misterioso de espantar toda a nossa existência.

Foi o começo de uma aventura que se estende até hoje, estranhamente agradável e bastante intenso, acolhedor e surpreendente onde milagrosamente te abracei com a ternura de um amor inegável.

Com a ajuda das mãos experientes do Dr. Rodrigues passeaste dentro da minha natureza, no tecido do meu sangue onde almejavas o teu novo lar, mais que simples fragmentos, o teu legado e foste o meu segredo.

No meu novo ouvido esquerdo, já ligado a mim flutuaste para toda a eternidade nas células ciliadas.

Parabéns Sun Melody!