sexta-feira, 30 de julho de 2010

3 anos de Activada - 30 de Julho 2007

Olha para trás, uma vida de silêncios constantes mas parece querer obstinar-se numa liberdade em que a tecnologia lhe oferece. Voltar a ouvir. E assim mais do que uma vez, é como se escutasse pela primeira vez todos os sussurros e começa a ser ela própria diante de inúmeras possibilidades.

O rosto dela adquiriu uma expressão de perplexidade, chovia estrelas sonoras no interior do seu ouvido recém-activado. A sala estava agradável na presença da família e do namorado, aqueles olhares trémulos de emoção e incerteza pendurados nos dela ansiavam por uma resposta do que lhe poderia estar a se passar dentro daquela cabeça. O mundo pareceu estar a abrandar e nada seria como dantes.  

Passando 3 anos depois daquele instante memorável guardado zelosamente todos os segundos o meu despertar melodioso, é ainda hoje um dos melhores momentos da minha vida e assim espero quebrar a meta dos 21 anos de silêncio... nestes três anos, conheci tanta gente e os ajudei, espero continuar partilhar a minha experiência com os outros porque isso é uma verdadeira riqueza! 
Feliz 3 anos sonoros!

terça-feira, 20 de julho de 2010

Julho Preguiçoso

Aí aí aí, este blogue anda a ser maltratado ou no mínimo esquecido mas não é sinónimo de ausência de novidades que por acaso tem sido muitas. Todavia a culpa mora no outro lado, mesmo ao virar da esquina: o FACEBOOK. 

Ali posso teclar directamente com os meus familiares, amigos cocleantes e não-cocleantes de todos os lugares, Norte a Sul e além fronteiras cujos laços tonaram-se mais estreitos nas revelações de confidências daqui  de fora na vida real, das canções que abundam diariamente, das novidades imprevisíveis. Existe outro ar, activo e imediato para trocar algumas conversas que sem aperceber do tempo torna-se prolongado num acesso de debates e pensamentos furtivos.

Quando sentir inspirada, venho aqui escrever talvez no final deste mês... possivelmente.

sábado, 17 de julho de 2010

Este Julho está Sorridente!

É só boas notícias! 

O R. foi implantado há poucos dias, e passou a ser o mais novo bebé a realizar o Implante Coclear em Portugal com apenas 11 meses de idade! Os papás devem estar eufóricos e felizes, por agora é ter uma recuperação célere. 

Mais tarde, quando menos esperava recebi outra boa notícia contagiante que brindou os deuses, o pequeno S. de 2 anos de idade irá ser implantado em Setembro!

Dias felizes.

sexta-feira, 9 de julho de 2010

A Novidade de Coimbra

Lembram-se deste Post "O meu Novembro em Coimbra?"

" ...recordo-me da A.C, uma jovem deficiente auditiva desde nascença e oralista, finalista da Universidade. Conheci-a no 2º Encontro Nacional de Implantados em Aveiro, na qual decidira tentar o Implante Coclear e a ajudei obter o endereço do Hospital. Tem vontade e fome de ouvir! Coincidência, quis o destino juntar-nos de novo na sina da vida e como o mundo é pequeno, compareci na sala de espera. Onde ela está? Não a vejo. Deve estar já na consulta.


Tenho tempo, pego numa revista e folheio-a uma a uma devorando os textos digitalizados, o tempo escorre ao som da chuva que tomba lá fora. A A.C surge ganhando vida no corredor cândido, transparecendo outro ar, de esperança e sei-o naquele preciso momento que a euforia cora, e o olhar são estrelas a brilhar perante a possibilidade de ingressar no mundo dos sons. Fora aceite. Agora recomecem os exames para um sim definitivo..."

E não lhe custou nada, de nada passar por uma bateria de exames et voilá, está agora neste momento em Coimbra a ser IMPLANTADA e como a dimensão das suas palavras ditas ontem através de uma mensagem denuncia uma alegria sem precedentes:"Aí estou tão feliz, chegou o meu momento e vou ter uma nova vida! Choro, mas de felicidade!" - sim, imagino como ela deve sentir, um turbilhão de emoções fecundadas.

Sim, a sua vida vai mudar mais uma vez, escrevendo as páginas e Coimbra continua a ser um encanto! Força, A.C!

quarta-feira, 7 de julho de 2010

3º Encontro Nacional de Implantados e Utilizadores de Próteses Auditivas


O 3º Encontro já se aproxima, e vai acontecer neste sábado que vem, e nos últimos três anos tem feito imenso furor. Ademais, na sexta vou buscar a Lovely Sound à estação que chega do Porto lá pelas 19h, vai ser bom reencontra-la e ouvir em primeira pessoa, mais tarde daremos um passeio na minha cidade junto à margem do rio. Estou seguramente deveras ansiosa em rever conhecidos meus na qual nutro um enorme carinho, e muitas por conhecer.

Vai ser bom partilhar as experiências, trocar informações e sobretudo conviver naquele jardim verdejante, com espaço amplo para crianças e à semelhança do que tem vindo a acontecer nos anos anteriores desde a criação do Fórum Implante Coclear em Portugal há sempre diversão garantida. 

Que os laços continuem estrelantes, que os sorrisos possam acender na esperança de um dia os pais das crianças e adultos candidatos a um Implante Coclear percam o medo e vêem nele as muitas possibilidades, e com a nossa vasta experiência no mundo sonoro daremos a mão. É uma grande responsabilidade, mas também uma luz nas suas vidas! Nada é em vão e nada é perdido!   

terça-feira, 6 de julho de 2010

Esconder o IC ou não?

A última coisa antes de sair de casa é ver-me ao espelho, ajeitar o cabelo a meu gosto e a seguir colocar o IC. Dá para entender que ele fica perfeitamente camuflado por entre os fios do meu cabelo, uma vez a bobina tem cor de chocolate mas houve alguém que me perguntou um dia:

"Não te incomoda os olhares das pessoas quando observam para o teu processador?"

Parei para pensar na definição daquela frase, e a realidade não me incomoda, é-me indiferente para o que as pessoas me olhem de soslaio com certa curiosidade ou estranheza acerca do objecto magnético transportado na minha orelha como se fosse plano de estudo analítico. Posso sempre tentar esconde-lo ou expor-lo ao mundo, mas escolho na maior parte das vezes a segunda opção, não porque queira evitar cautelosamente a troca de olhares...  se me sinto bem com ele (o IC) porque havia de o cobrir? Não faz sentido.

Afinal necessito dele para ouvir, e também tenho nele um carinho enorme, ele é contudo uma das partes da minha enunciação enquanto pessoa transformadora.  

sábado, 3 de julho de 2010

Som Agradável e Desagradável

Olha que lindo, estou a escutar os passarinhos a chilrear. Lá vem de novo aquele ladrar canino, passo-me da carola... acho que hoje vou sair e tirar umas belas fotografias. 

Som Desagradável

Se há coisa que mais detesto ao acordar de manhã, é ouvir o ladrar constante de um cão no andar de baixo por causa do seu vizinho gato. Raio do cão, cala-te pá!!