terça-feira, 21 de maio de 2013

Novidades Curtas

E a vida continua assim como as conquistas sonoras transbordantes do mais inesperado, a facilidade imensa de compreender e discriminar a língua francesa com uma rapidez nunca antes ousada - é como se não fizesse tanto esforço em repescar na memória auditiva, mas o mais curioso é ter sabido esta língua somente pela escrita e oralmente pronunciado na era do antes-IC. Agora hoje em dia, as palavras fluem sem pistas visuais, parece ser muito mais simples do que a nossa amada língua portuguesa, contudo já observei falhas peculiares minhas em termos auditivos nas palavras francesas que terminem em "mi" , "emme" por aí diante e vagamente é para mim surdo, quase mudo tornando assim incompreensível.

É uma questão de tempo.    

Sem comentários: