domingo, 23 de novembro de 2008

Um Silêncio Diferente


(Photo By Cyborg)

Hoje de manhã acordei bem-disposta, e a primeira coisa que tive em mente foi buscar o processador de fala e cola-lo magneticamente, depois de o activar a minha respiração ficara suspensa pois não ouvia barulho nenhum, mas sim o silêncio habitual.

Não me recordo de passar por esta experiência antes. Foi incrível, escutar este emudecimento e descobrir que não é igual ao que vivi e senti, não um silêncio absolutamente esmagador e obscuro, mas diferente. Era agradável e alegre.

3 comentários:

eli disse...

Sun melody, a Joana só na próxima 4ª feira - na aula de Português - lerá o teu comentário. Ficará, decerto, bem contente. Agora, eu, a eli - a profª da Joana que a tem incentivado na construção e concretização do blog para que possa comunicar mais e mais longe -, vou ficar por aqui, pelo teu espaço para te conhecer melhor. Em tempos, acompanhei a querida Memorex :))
Grata pela tua presença.
Bj-e

*** se quiseres comunicar, podes usar: tecum@sapo.pt

Ka disse...

há silêncios bons não é?

Beijinho enorme e um resto de bom domingo :)

oliviacastrocranwell disse...

Olá Sun, voltei ao mundo cibernetico e vim ler o seu maravilhoso blog.

Eu entendo perfeitamente de que silêncio você fala. Eu ja o escutei, hà muitos anos atrás, na montanha nevada. Esse silêncio é tão puro que se torna um son.

Fico muito feliz de ver como você disfruta de cada momento com o seu amigo implante.

Te mando un grande abraço