quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Ouvir Bionicamente


(Photo by Sun Melody)

Tic tac tic tac, um relógio antigo pendurado na parede de azulejos esfriados faz este barulho e recorda-me a emoção de ouvir este tic tac tic tac genuinamente infantil aos olhos de uma criança. È engraçado este timbre quase associado a uma nota musical de um instrumento ligeiramente suspenso na intemporalidade e me fez pensar que milagre foi este, a de puder escutar novamente.

E é tão bom.

O vento lá fora, cada vez mais forte embebendo a tarde imaculada e solarenga de folhas soltas ensopadas ao meu olhar, de encantamento, o meu novo ouvido implantado a bailar em todos os segundos e minutos na dança das folhas. Pura música. A melodia da Natureza. O som do vento e o tic tac tic tac metálico do relógio envelhecido.

1 comentário:

Inês e Buba disse...

E eu a ti! Desde que acabaste com o outro...

Por acaso nesse dia vi-te na Luz e vim cá espreitar! Mas não comentei!!

:-)))