sábado, 12 de julho de 2008

Instante Sonoro

Ouve-se a minha mão a bater no peito de calor, e peguei numa revista que se encontrava dentro do cesto de palha, empilhado de crónicas, folheei-as uma a uma, e junto ao meu ouvido implantado entrou um som ténue, leve e suave.

Uma sensação auditiva de sopro, reconfortante e encantador ao virar a página.
São estes momentos em que penso, valeu realmente a pena fazer o Implante Coclear e conhecer todos os sons, em busca da última melodia.

Sem comentários: