quarta-feira, 6 de junho de 2012

3 Meses e as Novidades

Mereço um castigo por não cá vir descrever mais novidades, a realidade é que estou sem tempo, muita agitação e novos projectos em marcha borbulham unicamente pessoais. Estou a gostar desta fase para contrabalançar o contexto actual que o país atravessa economicamente em todos os sectores profissionais com um crescente número de desempregados e famílias despejadas. 

Sei também dum rumor que por aí circula sobre o local mágico de Coimbra, não tenho certezas absolutas para confirmar a sua veracidade, mais adiante saberei os pormenores e não são boas notícias. 

Novidades frescas?! Oh, sim, imensas. Deixar de escrever as aventuras do meu ouvido biónico não é pura preguiça e muitas vezes o blogue fica em último plano. Porém existem momentos arrebentadores cuja duração é mais que duradouras e ultimamente tenho assistido imensos concertos! 

No encontro da música, emociono-me de olhos cerrados e a viver intensamente, apaixonando pelas melodias celestiais dos instrumentos de sopro, das guitarras eléctricas com a voz junto a beijar o meu ouvido implantado... é canção, é viver, é amar, é sentir, é realidade que outrora não passou de um simples sonho. Um sonho que fervilhava num corpo surdo e hoje sorri tenuemente, é ouvir, é impressionar-se, é conquistar a cada dia todos os momentos fulgurantes e inesperados, é ser eu que a outra parte me complementa acariciando um universo de tonalidades... e é sobretudo felicidade sem precedentes a brilhar para a eternidade. É a minha felicidade ao rubro endiabradamente... 

Relativamente à discriminação de palavras, continuo a fazer progressos com mais confiança em ouvir através do ouvido implantado, deixando cair a leitura labial. Ainda não tive a experiência de fazer chamadas através do telefone fixo, isto porque não tenho em casa e nem utilizo, só meramente o telemóvel mediante a ajuda do colar magnético (eis mais uma novidade espectacular que entrou na minha vida há quase 1 ano). Na verdade, sem processador ligado e virar-me para os lábios tem sido um verdadeiro escândalo em pêras, fico matutando de como isso é possível? Sabendo eu mesma o quanto é imprescritível manter esta capacidade intacta ao longo da minha vida. Mas não consigo. Está a ficar complicado, seriamente complicado. 

Para finalizar o capítulo, recebi carta de Coimbra para ir à consulta de rotina no final deste mês, conseguem imaginar minha a cara trocista quando li um punhado de exames para realizar: 5 exames diferentes. Vou cedo e chegarei tarde com um cansaço extremo, não me lembro de fazer tudo junto de seguida - melhor para mim - pouparei muitas viagens - uma fabulosa prenda fazendo quase-5-anos-de-implantada.

Até lá...    

Sem comentários: