terça-feira, 6 de março de 2012

Nós, Vencedores

Conhecem? Não sabem? É o Programa Nós, Vencedores de Rádio, da Antena1 da ilustre jornalista Sónia Morais Santos. Acontece por ser seguidora assídua do Programa Nós, Vencedores onde são contadas histórias reais de pessoas de quem na vida venceu perante adversidades, perante o luto, e a deficiência. Mais outros assuntos na qual semanalmente são abordados. Num simples contacto do facebook, a jornalista perguntou-me se estaria interessada em fazer uma pequena entrevista sobre Como Vencer a Deficiência Auditiva, hesitei por momentos, mas lá decidi ir, com a minha mãe por ela saber o começo da minha perda auditiva. 

Marcamos o dia, e o local frente ao Café do Pingo Doce, no Cais de Sodré e estava muito barulhento! Com o som dos voos rasos dos pombos, das sirenes de apito dos comboios e dos barcos, uma infinidade de sons! Sentadas na esplanada aguardávamos pela Sónia Morais Santos, incrivelmente foi ela que nos achou conhecendo-me pelo rosto. Abrira um sorriso rasgado, cumprimentamos e falamos um pouco naqueles segundos, a explicar-me como seria e como haveria de falar, o Programa Nós,Vencedores teria apenas 5 minutos de duração. Assim foi, entre nervosismo da minha parte por falar pela primeira vez na rádio desta magnitude, ainda por cima para a Antena1. 

Contara que já entrevistara mais pessoas, com surdez severa e outras familiares e namorado sobre como é conviver com alguém com Surdez. Claro, não descurei, tentei ser o mais breve possível, realçando pontos fundamentais da minha jornada. À medida que fui contando sobre a minha vida do antes e pós Implante Coclear, a jornalista Sónia Morais Santos admirava-se com os olhitos bem abertos e pensou para si mesma: Como é lindo ver, de repente perder a audição em bebé e mais tarde redescobrir os sons em adulta. E também não sabia que os medicamentos podem ter efeitos negativos provocando surdez... ou seja à medida que a minha mãe e eu relatávamos pequenas etapas - era um mundo fascinante à parte por estar fora do circulo da Língua Gestual Portuguesa - estava diante de alguém com surdez profunda, que venceu e lutou! Sim, lutei, lutámos graças aos meus pais, e particularmente eu. 

Apreciem!

"Esta semana ouvimos quem vence a surdez. Ou seja, quem luta para vencer as adversidades de uma deficiência que não tem de impedir nenhum som..."

Sem comentários: