quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Reflexão Interior

(Photo - Todos os direitos reservados Sun Melody)

Do nada comecei a ouvir o piu piu melódico dos pássaros, neste tempo louco que faz um calor esquisito, húmido por vezes e ventoso quando a gente menos se espera. Uma mistura de Verão e Outono de braços dados, um emaranhado de sons contínuos que ingere quantidades enchentes no meu interior sereno.

Este processo de aprender ouvir e saber ouvir cativa como degraus infinitos, subindo cada muralha do esforço e quando mais alto trepava, mais criança sentia que tocar o céu na ponta dos dedos vislumbraria uma cidade diferente da que conhecia, uma cidade sonora e brilhante recriando a sua própria musicalidade.

E o teu ouvido implantado beija-te, sabendo que vai estar sempre presente para o resto da tua vida dedicando lindas sinfonias de sons. Como nunca estás satisfeita, queres sempre mais e mais até que viste a necessidade de mudares o caminho, decidiste enveredar o implante Coclear Bilateral.

Até lá, vamos aguardar e ver se o mundo continua a girar.

1 comentário:

Olivia disse...

Bom dia minha poeta favorita!!!! Vc escreve como anjos musicais.Que belo Sun.

Eu tambem quero o implante bilateral agora. O médico sugiriu e eu estou doida pra fazer. Devo lutar contra a SS. Como é em Portugal? Vcs tem direito a ter dois implantes?

Te mando um beijo e desejo tudo o sucesso pra vc.