domingo, 5 de julho de 2009

Ocasião Imprevisível


Um idoso, sentado na mesa a bebericar uma cerveja da Super Bock tem os olhos fixos em mim, e a história começa já ali. Vejo o jornal, o correio da manhã pousada sobre a pedra de mármore redonda, avanço gentilmente a perguntar se posso pegar na gazeta.

Eis o barrigudo de barba rija, começa a enxergar para a bolsinha em que seguro o processador de fala no ombro, ao se aperceber da minha quase Surdez, eleva os braços e faz umas mímicas gestuais de morrer a rir, penso, obviamente indignada neste abismo onde impera a desinformação cultural abundante.

Reprimi calada, a espera do momento certo e respondi-lhe sem papas na língua, “Senhor, não o quero ofender, mas por favor fale comigo oralmente e deixe os gestos de lado, pode ser?”

Só me recordo, de o seu rosto ter ficado assombrosamente boquiaberto, incapaz de dizer qualquer palavra, a boca muda e o mundo repousou abatido naquele espaço barulhento, preso pela minha resposta fortuita e a minha satisfação infiltrara como o raio de sol a brilhar interiormente.

O homem continuou abalado, confuso e perdido nos seus pensamentos a questionar de como pode uma pessoa surda a falar, foi preciso pessoas amigas dar palmadas nas costas, e durante a minha permanência no clube não conseguiu desviar a curiosidade vibrante. Seguiu-me sempre com o olhar firme.

6 comentários:

soramires disse...

Comigo acontece o contrário, ou melhor acontecia quando eu usava cabelos mais longos e os aparelhos auditivos não se viam.
Quando eu pedia para alguém repetir uma frase ou falar mais lentamente explicando que eu era (sou) surda a cara de espanto e a frase de sempre:
-"Mas nem parece..."
E isso de tentarem fazer mímicas realmente é engraçado quando não irritante.

Laura disse...

Ahhh, isso já me começam a fazer, desde perguntars e estou a ouvir musiquinha num qualquer aparelho moderno, respondo que sim, quando não me apetece alargar a treta, ando numa de faal ro minimo e d enem dar satisfações a ninguém..já fui mais comunicativa, mas, sabes comot enho andado por abixo da terra e do mar...e só me apetece desaparecer, por vezes, e assim..calma laura, tudo é fruto das 3 operações que fizeste à cabeça, em apenas 9 meses,c alma laura que já passa..Desculpa am smais logo escrevo ou falamos msn, fui com a ma~e ao hospital e soc heguei a cadinho, é perto, mas espermaos muito. e agora v estender roupa acabar de arrumar maquineta d alouça, etc..e ver a minha novela único momento em que descanso, ou faço uma pausa...beijinhos e té mais logo..laura.

Luz de Estrelas disse...

Ficou pasmado com as maravilhas da tecnologia. LOLL. Gostava de ter visto as mímicas.

Maria disse...

Pois é, ele á dias assim, sorrir é o melhor remédio....

Doce carinho :))

M.M.G.

Margarida disse...

é assim mesmo!!! Com educação e bom-senso mostrar perante a sociedade que os surdos não são apenas gestualistas


kisses

Olivia disse...

Hola Sun, sempre fiquei surpresa e admirada ao ver o bem que vc entende o espanhol ao ler meu blog. Vc é uma mulher inteligente minha querida cyborg.

Eu sempre devo lidar com gente que pensa que deve gesticular demais ou articular tanto que não lembro mais do que ele estava falando. Tento ter paciencia e ensinar a pessoa como falar com alguém que tem deficiencia auditiva. Nem sempre percebem porque tem muito gente que ouve más não escuta.

Te mando un besito bien grande y hasta prontito