domingo, 8 de fevereiro de 2009

Ajudar uma Pré-Candidata


Sexta-feira, fui abordada por um toque no meu ombro enquanto falava ao telemóvel e virei-me de relance onde à minha frente estava uma mulher em miniatura com os seus cabelos compridos despenteados e cuja boca saiu uma frase: “Olá, não te lembras de mim?”

Fiquei especada a olha-la pensativa para ver se a conhecia de algum lugar, ao menos o rosto era-me estranhamente familiar. Um pouco embaraçada, tentei recordar e quando pronunciou o seu nome um flash ocorrido surgiu, mora perto de mim e conversamos uma vez a respeito da Surdez na sua própria diversidade.

Disse que ficara surpreendida por me ver já implantada ao fim de um ano e meio, fez-me todo o género de perguntas que dançavam na sua cabeça a respeito do Ouvido Biónico e sobretudo do modo como eu escuto. Está interessada, bastante mas… há sempre um mas… vive um medo de fazer a operação… o medo de não correr bem… de rapar metade do cabelo e é precisamente por isso que se sente nervosa a folhear as páginas do desconhecido.

Houve muitos momentos que mergulhamos no silêncio, onde as palavras foram preservadas por algo que valia a pena lutar ou até lhe dar vida. Percebi ali, no olhar dela a fixar nos meus a querer ter uma maneira de ficar a sós, mas não sabe como há-de ser e como há-de fazer entre outras séries de coisas pensáveis.

Receosa e confusa, leio a sua mente, necessita ponderar bem e uma vez não poderá voltar atrás se for avante. È preciso acima de tudo um preparo psicológico e a certeza de que não irá efectivamente cair no arrependimento e redenção. Sentira no fundo fascinada sob os pensamentos ocultados atrás de um muro, viu depois outras maneiras de melhorar a audição com a ajuda das próteses digitais, vai tentar auxilia-las e se não gostar da experiência em breve, a sua vida vai dar uma grande reviravolta.

Se precisar de falar comigo, ela que me ligue.

7 comentários:

Laura disse...

Ora aqui está uma já recém implantada, a laura, cota, e só daqui a uns dias serei activada... Dói? dói sempre alguma coisa, mais nos primeiros dois dias, desconforto, mas os comprimidos estão lá para isso... em 8 dias apanhamo-nos cá fora, 8 dias depois vamos tirar os pontos e 30 dias a contar do primeiro dia, vamos ser activadas e ouvir como nunca... e depois haverá a slições a aprendizagem, mas um maravilhoso mundos e vai abrir à nossa frente... Nada se faz sem trabalho ou dor... A vida tem de tudo e poderia ser uma operação necessária e ela nem diria que não, que remédio... Mas, cada um sabe de si, tenho uma amiga a Ivone que já disse que tem medo de fazer operações e que depois de eu fazer, ela vê como fiquei..ah, também tenho meia cabeça rapada e que mal tem? ponho uma bandolete larga e nems enota, e o cabelo cresce. ai nina tantos ses ses ses desnecessários..Ou vir é o maior dom do mundo, alémd e ver...

Luz de Estrelas disse...

Será que não tem apenas medo de acreditar?

Viver disse...

Olá!
O meu pequenino tem andado bem, agora vai por umas proteses digitais e depois vamos ver, estamos a ser seguidos em surdez infantil e ainda e tudo muito novo.
Tb usou proteses?
Obrigada
Bjinhos de uma mãe ainda muito inexperiente nestes assuntos e obrigada pela ajuda.

Ka disse...

ahhh como entendo o receio :)
apesar de ser uma porta aberta a um novo mundo, sem dúvida muito mais alegre, há sempre os riscos, a solidão da decisão, etc etc
Acho que só percebe quem já fez alguma operação :)

Beijinhos

Luisa_B disse...

OLá Sun querida
vim deixar-te um beijinho e já que a corajosa Laura cá está mando um abracinho de força para ela que merece.
Agora a outra pessoa que falas se está com medo pois...é natural..mas ela que pense não é um cancro...é para ouvir o Mundooooo que coisa boa que é ouvir, então medo atrás das costas e bora lá a implantar.

Jokinhasssssssssssssss

Laura disse...

Ah, vim descansar das sevilhanas, do flamenco ou sei lá de que dança, acho que já perdi dez kilos enfiada naquele vestido fantástico...mas que gorda estou... Beijinhos d anina laura..

Anónimo disse...

oi achei muito intereçante a sua aldiometria. eu sou mãe da rafaela ela é surda bilateral.e astá na fila é uma pré candidata, também ela ñ ve a hora de implanta fico feliz por vc!!!