quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Buzinadela Crónica


Meio ensonada, sentada diante da mesa dentro do compartimento envelhecido, banhado de azulejos azuis com as janelas de varanda arqueadas abertas... atentos ao tema da conversa deveras interessante que envolve o Homem e Máquina.

Por aí tudo bem, se não fosse a chata da buzina insistente e enfadonha a apitar com fealdade durante uns fantásticos 10 minutos, nem mesmo as janelas propositadamente fechadas safei...

RAIO DE BUZINA

Estou com uma dorzinha malandra da cabeça - depois dizem-me que sou Surda.

3 comentários:

reb disse...

já começas a considerar alguns sons desagradáveis :))

Laura disse...

Olá nina querida!...
Que bom que já ouves buzinas que não se calam nem de noite nem de dia... Pois que bom que podes dizer isso, eu por enquanto nem dou por elas, nem pelos barulhos da rua, mas um dia destes quem sabe!...ouvirei como tu... Beijinhos da laura que ja te acompanha nas tuas aventuras há mais de um ano!... E obrigada por me picares pois eu já nem queria saber de implante nenhum...laura..

Cachopa disse...

odeio quando começam a buzinar assim....